Dilma para Sartori: audiência só com propostas concretas

Toda a estratégia adotada pelo governador Sartori (PMDB) é fazer parecer que os problemas do Rio Grande do Sul não são responsabilidade dele. A mais recente armadilha direcionada a passar a crise, criada por Sartori, para a presidenta Dilma foi desarmada. 

Segundo informações da jornalista Renata Colombo, da Rádio Gaúcha, a presidenta só receberá o governador Sartori quando ele tiver de fato um pedido ao Governo Federal. 

Os pedidos feitos até agora pelo governador peemedebista são vagos e não tem foco. Sartori, por exemplo,não pediu mais prazo para pagar a parcela da dívida ou adiamento de repasses. O governador se limita a pedir agenda. 

Nessas condições o Palácio do Planalto acredita que uma audiência não teria muito sentido. Ontem o Tesouro Nacional bloqueou os repasses ao governo do estado pelo não pagamento da parcela da dívida, que foi negociada pelo governo Britto (PMDB). 

A falta de atitude do governador está estagnando o estado. Fica cada vez mais claro que eleger um governador sem nenhuma proposta foi uma péssima ideia. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados