segunda-feira, 5 de outubro de 2015

A humanidade e generosidade é o que deve separar nós dessa galera sem noção

A intolerância sempre existiu, mas faz cerca de um ano que ele saiu das catacumbas do esgoto e ganhou espaço à luz do sol. Tudo graças a mídia e aos partidos de oposição que divulgam tudo que possa ser usado para atingir o governo Dilma ou o PT.

Nesse final de semana não foi diferente e, pasmem, uma atitude digna de ser tratada com repúdio ganhou manchetes amenas dos jornais.

Quatro criaturas, chamá-las de cidadãos é uma ofensa aos cidadãos portaram faixas e atiraram panfletos na frente do velório do Ex-presidente do PT, José Eduardo Dutra. Os panfletos e as faixas tinham um único tom "Petista bom é petista morto".

O que faz quatro seres desprezíveis desses a ganhar as páginas de jornais? É o desejo do vale tudo patrocinado pela Mídia.

Mas a vida se faz na prática.

Em março do ano passado faleceu o ex presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra.

O ex presidente do PT, José Eduardo Dutra, falecido no último fim de semana, prestou publicamente as condolências à família naquela época.

E não se soube de nenhum fascista que tenha ido desrespeitar a memória do falecido e dos familiares no funeral.

Entendeu a diferença?

Com informações de Rafael Simões e Diogo Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com