A população está reagindo

Na última segunda feira publicamos uma matéria (veja aqui) falando que tanto o prefeito Sartori, quanto o presidente do sindicato médico, Marlonei, estavam de costas para a comunidade. Naquele momento falávamos que praticamente não havia reações da "sociedade civil organizada".

Bom chegou a notícia que a União das Associações de Bairros, UAB, irá se mobilizar para cobrar uma solução rápida para crise na saúde de Caxias do Sul. Entretanto teremos que esperar mais um pouco para que isso inicie. A UAB fará uma reunião extraordinária de sua Assembleia Geral (reunião que congrega todos os presidentes de bairro) no próximo dia 22 de julho. Nessa data a paralisação estará completando 101 dias (ou 473 dias de mobilização grevista).

A Secretária de Saúde, Maria do Rosário Antoniazzi, foi convidada para participar da reunião (não sei o que ela poderá dizer de diferente). Somente depois é que a entidade irá fazer alguma ação de rua, ou não. Mesmo com essa demora a atitude da UAB é uma diferença significativa na sua condução política.

Parece que agora a nova diretoria da entidade não tem mais tanto compromisso em agradar o governo municipal, mas essa situação ainda é provisória pois a sua diretoria é um grande agregado de forças políticas extremamente díspares umas das outras.

Mesmo sabendo disso é de se festejar que o movimento comunitário volte a se manifestar sobre os problemas da cidade, pois fazia quase 4 anos que ele estava num silêncio, quase constrangedor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados